Foto 1 - Benzoderm (benzoato de benzila) 250mg/ml Emulsão Tópica C/100ml

Benzoderm (benzoato de benzila) 250mg/ml Emulsão Tópica C/100ml

R$ 16 ,95
Cód.: 182

Carregando...
Compartilhe

Benzoderm, para o que é indicado e para o que serve?

Benzoderm® é um medicamento à base de benzoato de benzila, utilizado no tratamento dos piolhos, lêndeas e da sarna.

Como o Benzoderm funciona?

Emulsão Tópica

Benzoderm® emulsão quando aplicado topicamente (uso externo), em concentrações de 10% a 30%, atua, eficazmente e seletivamente, na escabiose (sarna) e pediculose (piolhos e lêndeas), destruindo o ectoparasita causador da moléstia, sem prejudicar o hospedeiro.

Quais as contraindicações do Benzoderm?

Benzoderm® é contraindicado a indivíduos que apresentem alergia conhecida ao benzoato de benzila e aos outros componentes do produto. Não aplicar o produto na pele com feridas e queimaduras.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Como usar o Benzoderm?

Emulsão Tópica

Benzoderm® pode ser utilizado no tratamento de piolhos, lêndeas e da sarna por adultos e crianças acima de 3 anos.

Agite bem antes de usar.

Benzoderm® emulsão tópica

Para crianças e idosos, aconselha-se a diluição do produto na proporção de 1 (uma) parte do produto (equivalente a 1 (uma) colher de sopa) para 3 (três) partes de água (equivalente a 3 (três) colheres de sopa).

Esta orientação é para reduzir o risco de irritação. Para adultos, não é necessária a diluição. Não é necessário utilizar todo o volume em uma única aplicação.

Adicionalmente, aconselha-se a fazer uma prova de toque em uma pequena área antes de utilizar o produto. Caso ocorra ardência ou vermelhidão, o produto não deverá ser utilizado.

No tratamento de piolhos e lêndeas

Após lavar os cabelos, espalhar o produto sobre as regiões afetadas. Aplicar somente o suficiente para umedecer o cabelo. Envolver a cabeça com toalha e deixar agir por aproximadamente 3 minutos.

Os piolhos mortos e as lêndeas devem ser retirados com um pente fino. Se necessário, a aplicação deve ser repetida.

Normalmente o tratamento só deve durar dois dias, pois várias aplicações do produto podem passar a ter papel irritante e ocasionar novas lesões, ao invés de curativo.

No tratamento da sarna

Fazer uma aplicação, de preferência à noite, após o banho (banhos quentes são contraindicados).

O produto deve ser aplicado sobre a pele ainda úmida, especialmente nos locais onde a sarna é mais comum (entre os dedos, axilas, abdômen e nádegas). Deixar secar, realizar em seguida uma nova aplicação e vestir-se ou deitar-se, sem enxugar o corpo. Na manhã seguinte, tomar novo banho e mudar as roupas do corpo e da cama, que devem ser lavadas e passadas em seguida. Se necessário, o tratamento deve ser repetido após 24 horas ou a critério médico.

Se houver outras pessoas com sarna na mesma casa, todas devem ser tratadas ao mesmo tempo para evitar reinfecção.

Caso você utilize este medicamento por uma via não recomendada, poderá não obter o efeito desejado e ainda poderão ocorrer reações desagradáveis.

Como normas gerais de higiene, recomenda-se:

  • Ferver as roupas de cama e de uso pessoal, mantendo-as limpas;
  • Manter as unhas curtas limpas. No caso de pediculose (piolhos e lêndeas) e ftiríase (chatos), manter os cabelos curtos e limpos;
  • Não coçar exageradamente e colocar luvas de proteção nas crianças;
  • Evitar o contato com possíveis portadores e seus objetos de uso;
  • Alertar os responsáveis pelas instituições coletivas frequentadas pelo portador do parasita.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando me esquecer de usar o Benzoderm?

Retomar o tratamento conforme orientação médica.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Quais cuidados devo ter ao usar o Benzoderm?

Benzoderm® destina-se ao uso externo e não deve ser ingerido nunca, pois poderá ocorrer intoxicação.

Benzoderm® não deve ser aplicado no rosto, olhos e mucosas, nem em locais da pele onde haja feridas. Caso isso ocorra, lavar com água abundantemente. (Não é aconselhável o uso de banhos quentes para retirada do produto).

O produto deve ser utilizado com cuidado em pessoas que já apresentaram alergias a outros produtos de aplicação na pele. Benzoderm® pode irritar a pele e mucosas, não sendo recomendado o uso de outras substâncias que também possam irritar a pele.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Benzoderm?

Em crianças e pessoas de pele muito branca e sensível, o uso de Benzoderm® sabonete, pode provocar irritação, que desaparece com a interrupção do uso. Existem casos de aparecimento de irritação da pele e bolhas na pele no local da aplicação do benzoato de benzila durante o tratamento de sarna. Pode ocorrer irritação dos olhos após o uso do benzoato de benzila.

Em caso de ingestão acidental do produto podem ocorrer:

Agitação, vertigem, dor de cabeça, vômitos, diarreia, falta de ar, coloração azulada da pele, circulação do sangue prejudicada, alergias e vermelhidão da pele, palpitação e convulsões.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Apresentações do Benzoderm

Emulsão tópica de benzoato de benzila 250 mg/mL

Embalagem com 01 frasco de plástico âmbar de 100 mL.

Uso tópico/ uso externo.

Uso adulto e pediátrico acima de 3 anos.

Qual a composição do Benzoderm?

Cada mL da emulsão tópica contém:

Benzoato de benzila

250 mg

Excipientes q.s.p.

1 mL

Excipientes: ácido esteárico, trietanolamina e água purificada.